top of page
tranzine.gif

Edição #8
Rio de Janeiro, 2005

Internet,  nossa maior aliada contra a manipulação de informação

Entrevistamos Jenner do podcast Misturinha

By Bruno Privatti

Ultima campanha de Timothy Leary sobre as drogas antes de sua morte

Castração das ações disfarçadas de elevação espiritual

By Maite Schneider

As TVs abertas em contraste com o modelo de financiamento público exemplificado pela BBC

podcast.jpg
DKANDLE_Tranzine.jpg

“DKANDLE tece paisagens sonoras transcendentes vibrantes e multicoloridas, misturando texturas Shoegaze difusas e reverberantes, meditações Dream Pop hipnotizantes, tons Grunge lamacentos e tensões Post-punk temperamentais, intensificadas com lirismo comovente e vocalizações emotivas e pensativas”

PARA JENNER SOUZA

TAGSentrevistamúsicaperguntas básicasunderground

- Qual seu apelido e por quê?
"J", porque tenho um masterplan de ser lo-profile a nível atômico, na verdade J já soa um exagero pra mim. Preferia algo sem som.

- Que jornal você lê e com que frequência?
Tenho um manifesto pessoal de extinguir todo o tipo de mídia em papel e plástico - leio jornais do mundo inteiro online o tempo todo, todos os dias.

- Qual foi o melhor lugar pra onde você já viajou?
A melhor viagem é aquela dentro do infindável universo interior, às vezes vou lá e raramente volto.

- Quais os melhores 5 filmes que você já assistiu?
Muitos, nenhum - me interesso pouco por cinema nos últimos 10 anos... sequelas de ter trabalhado em locadora de vídeo (com perfil de filme de arte) assisto a tudo - talvez as pessoas pensem que por conta do meu trabalho chamar-se JOHN MERRICK EXPERIENCE inspirado no personagem do filme David Lynch do filme Elephant Man (O Homem Elefante) esse seja um filme de destaque para mim, na verdade é sim, mas não poria entre os meus 5 favoritos - a história real do John Merrick é também uma bela analogia da condição de quem busca a arte e é obrigado a viver sob o julgamento das pessoas. Gosto muito de Boccaccio 70, Annie Hall, Hi Mom! (Robert De Niro), Man Bites Dog, clássicos de Blaxploitation (tenho uma mini-coleção)... a lista é longa - essas são lembranças imediatas.

- Quais são suas cores preferidas?
Azul, Cinza, Preto e Branco - todas as outras cores são desnecessárias.

- Você faz a linha gastador ou pão duro?
Faço a linha sou duro, mas tenho meus masterplans e sempre realizo-os.

- Você canta no chuveiro?
Eu toco air-vst e air-mpc no chuveiro.

- Qual foi seu primeiro emprego?
Meu primeiro mesmo foi de chantagista e mentiroso até os 11 anos. Eu era tão bom que me profissionalizei, mas pendurei a chuteira - era mais estressante que trabalhar em mercado financeiro (um de meus últimos empregos).

- Qual foi a coisa mais extravagante que você já comprou?
Eu tenho um magnetismo por extravagâncias e acredite, já fiz muitas - a maioria delas indizíveis numa entrevista, mas vou dizer uma coisa que quase comprei e me arrependo até hoje - um Porsche 1986 modelo 944 que tinha uma documentação siberiana (de tão fria) e estava baratíssimo, cheguei a passar 3 dias com o carro. Com os preços que andam os guardinhas hoje... deveria ter comprado.

- Qual o seu sonho de consumo?

Para cima não há limite, certa vez vi um sistema de caixas de som que custam 1 milhão e dólares - que o anunciante recomenda só usar em estúdios subterrâneos para não comprometer a estrutura do prédio. Eu disse pra mim - ISSO DEVE SER LINDO!

 

- Você costuma se lembrar dos seus sonhos?

Eu lembro e interajo - mando "to the left", "to the right"... "pants down" é mó curtição... tem aquela máxima de quando morremos no sonho acordamos né? not for me... eu continuo lá... consciente de que morri num sonho e ainda after... é bem legal. Dizem várias coisas sobre voar sonhando... tenho isso sempre com controle remoto na mão e tecla sap. Uma pena que eu durma tão pouco, sonhar é o mais divertido.

 

- Você acredita em vida após a morte?

Acreditar ou não faz muito pouco por si mesmo, o ideal é conviver com o silêncio, com a ignorância de não saber. Isso dá um valor totalmente diferente as coisas e iguala todas as pessoas.

Sua opinião sobre:

Espiritismo - Tem muita gente esquizofrênica no Espiritismo e muito estudioso ralé, para mim onde há mito não há verdade. Estudei e estudo muito sobre religiões, ocultismo... de um modo geral o que vejo são pessoas EsoHIStéricas. Conheço Daime, Umbanda, Satanismo, li o Alcorão, algumas vezes a Bíblia, estudei muito sobre Budismo e Hinduísmo, já frequentei Centro Espírita de linhagem Egípcia, enfim... é um assunto que já vivi um pouco e penso que o ideal é o caminho individual condicionado a alguma disciplina. Muito se fala do Bispo Macedo e a Igreja Universal, eu não me atenho a questão de explorar $$$ ou não a fé - já vi pessoas saírem da merda. Então hoje cheguei ao meu resumo pessoal e gostaria de pensar que é melhor todo mundo fora da merda, com menos idiotice, com mais felicidade (e menos euforia) - as pessoas confundem pragmatismo com inércia e falta de criatividade intelectual.

Noite carioca - A minha noite é ótima, sou absurdamente seletivo passo até 3 meses sem sair desde que montei um computador com 3 monitores e uma TV de 29´, tenho uma namorada e tendo uma coca-cola não preciso de mais nada. Vou ali compro guloseimas e volto, my odd way of life.

CPM22 - Não é o tipo de música que eu gosto, mas o cenário que eu vejo é o seguinte: Não aguento mais a turminha da AFETAÇÃO, até onde eu sei eles são sossegados e isso para mim é bacana, cansei de ver amigos se corromperem com o sucessinho e com o sucesso. CPM22 não é arte, o que eu faço e apresento ao público também não. O público de hoje é tão condicionado, anda tão arrebanhado a perfis que não há espaço para experiências mais ousadas... eu guardo o que considero arte para mim. Acho legítimo querer trabalhar música e buscar rendimentos e até way of life, após 20 anos de música e composição eu sei o lack of glam que existe nisso.

Ecstasy - Ecstasy Mother Fucker? Ainda acho que Tony Montana na guitarra, Neon Leon no baixo e Timothy Leary na bateria algo bem mais divertido.

Carnaval - 4 dias em casa vendo bundas, comendo igual a um porco e fudendo igual a um coelho!

- Você acredita em OVNI's? -
Engraçado isso, me veio a ideia: Você acredita em PUM ? Porque a menos que sejam aqueles debaixo da água - ninguém jamais viu um pum - então eu sinceramente acho que a opinião das pessoas vale muito pouco, certamente quem já viu (ou sentiu o cheiro de um pum) acredita em um. Nunca vi, mas acho isso irrelevante - eu acredito que há quem acredite do mesmo jeito que acredito que o presidente Lula mente e que no Pinel tá cheio de doido.

- Qual a banda mais fodona do planeta?
As melhores bandas do planeta são aquelas que continuam trabalhando e sabem bem o que quer dizer DON´T BELIEVE THE HYPE (frase eternizada pelo Public Enemy). Pessoas que pensam em ampliar limites, encorajar o novo mantendo uma coerência .

- Robin era casinho do Batman?
Em briga de marido e mulher eu não meto a colher.

Jenner toca no Dead Wannabes

O que achou da entrevista? Deixe um comentário
abaixo

página anterior: INFORMAÇÃO X MANIPULAÇÃO
próxima página: GLOSSÁRIO DA CENA MUSICAL

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR:

PERGUNTAS BÁSICAS
Para o DJ Great Guy

PERGUNTAS BÁSICAS
Para o DJ Luciano Luck

JOHANN HEYSS

Entrevista

ASSINE PARA ATUALIZAÇÕES
SEJA INFORMADO EM PRIMEIRA MÃO SOBRE NOVAS EDIÇÕES 

Obrigado!

bottom of page