top of page

Fernando é fã incondicional de uma banda. Sabe os gostos de cada integrante e conhece a história pessoal de cada um. Tem tanto material sobre eles que até montou um fanzine. Uma vez por semana ele e mais três amigas se reúnem no seu quarto para conversarem sobre a vida dos seus ídolos enquanto bebem e comem algo e assistem os seus video-clipes.

Denis Kandle

TAGS: ativismo, cultura, música, underground

“DKANDLE tece paisagens sonoras transcendentes vibrantes e multicoloridas, misturando texturas Shoegaze difusas e reverberantes, meditações Dream Pop hipnotizantes, tons Grunge lamacentos e tensões Post-punk temperamentais, intensificadas com lirismo comovente e vocalizações emotivas e pensativas”

Mal sabe Fernando que está sendo usado por um sistema criado por músicos / gravadoras / mídia que nele só enxerga cifrõe$. Iguais a ele, um monte de gente, sem saber, sofre uma lavagem cerebral que as impulsionam a fazerem uma "vaquinha" para a mansão em Miami dos integrantes da banda e o Mercedes-Benz Classe A do dono da gravadora.

Falta visão artística nesses ditos "artistas". Não existe autenticidade verdadeiramente artística nesses grupos. Tudo não passa de fórmulas estudadas e descartáveis.

O lance todo tem uma raiz, a falta de cultura em geral, o que dá margem a sermos atacados por esses empresários artísticos (música/rádio/televisão) sem escrúpulos. É claro que tem gente bem intencionada, mas a maioria só pensa no lucro mesmo.

Todos veem o mundo de um modo diferente - o seu universo é diferente do meu e do de qualquer outra pessoa. Por isso, depende de VOCÊ que o seu universo seja um cosmos ou um caos. Você tem que saber lidar com os problemas da vida, o que é difícil - para não dizer impossível - sem uma boa formação cultural. É igual a comida: você adquire saúde e mantém seu corpo funcionando bem através de uma boa alimentação, rica em proteínas, vitaminas etc. Mas o que acontece quando você só come as famosas "porcarias industrializadas"? Fica fraco, pega uma anemia e pode até morrer...

Você tem o direito de gostar do que quiser - só tente descobrir se as bandas que ouve vão contribuir para um refinamento intelectual ou se vão emburrecê-lo cada vez mais. Tudo resume-se a uma palavrinha mágica: CONTEÚDO.

Acho um crime esses pretensos artistas ganharem rios de dinheiro manipulando sua arte, transformando sua música em produto, com tudo calculado para ser consumido de modo fácil pelas massas. Se você não quer fazer parte dessa massa descerebrada, pare de ouvir esse lixo comercial agora - você vai fazer um favor a si mesmo! Tem muita música de boa qualidade, basta ter vontade para pesquisar.

O que toca nas rádios e nos canais de música comerciais - se está tocando lá, é quase certo que não é por causa do talento musical do artista, mas porque a sua gravadora pagou milhares de dólares para aquela música tocar. Essas rádios e programas de TV que só tocam jabá (claro que existem exceções, mas são raras), essas colunas musicais em jornais e revistas que só entrevistam artistas cujas gravadoras pagaram para que saiam essas matérias... isso tudo deveria ser crime contra a humanidade! No entanto, essa prática corre livre e solta e ninguém parece nem se importar.

Por isso, aprenda a filtrar. Se você não põe qualquer merda na boca, por que também não para de ouvir merda?... Não estou dizendo para virar xiita e não ouvir mais os artistas que você curte e só passar a ouvir "quem não se vendeu ao sistema", porque isso é complicado, afinal, não é crime vender música, é um meio de subsistência de muitos músicos, e não há mal nenhum em um artista ter suas músicas executadas pelas rádios, ou aparecer na MTV, etc. O problema é quando o artista dá mais importância ao sucesso financeiro do que à sua música em si; é quando o seu sucesso ocorre não porque a sua música é realmente muito boa, mas porque é o fruto de associações comerciais entre empresários do showbiz.

Bem, eu simplesmente não ouço esses artistas. Como eu disse antes, para mim, música é algo sagrado. Quem trata sua música como produto não merece ser ouvido por mim, e realmente não estou perdendo nada em não ouvi-los... Aliás, só ganho em não ingerir essa merda. Vida saudável não é só se alimentar bem e fazer exercícios físicos. Muito do que você absorve na rádio e na TV também podem fazer mal. #ficadica

Para terminar, ouça esta música da banda Plebe Rude e preste atenção na excelente letra. Ela sintetiza muito bem isso que estou dizendo aqui.

PLEBE RUDE - MINHA RENDA

Você me prometeu um apartamento em Ipanema
Iate em Botafogo, se eu entrasse no esquema
Contrato milionário, grana, fama e mulheres
A música não importa, o importante é a renda!

Ambição - grana, fama e você
Ambição - grana, fama e você

Tenho que fazer sucesso antes que seja tarde
Eles acham que eu vendo, eu tenho uma boa imagem
O meu produtor, ele gosta de mim
Grana vale mais que a minha dignidade

Tocar no Chacrinha ou na televisão
Tudo isso ajuda pra minha divulgação
Isso quer dizer mais grana pra produção - e pra mim!

Você me comprou, pôs meu talento a venda
Você me ensinou que o importante é a renda
Contrato milionário, grana, fama e mulheres
A música não importa, o importante é a renda!

Ambição - grana, fama e você
Ambição - grana, fama e você

Eles trocam minhas letras, mudam a harmonia
No compacto está escrito que a música é minha
Já sei o que vou fazer pra ganhar muita grana
Vou mudar meu nome para Herbert Vianna

Estar no Chacrinha ou na televisão
Tudo isso ajuda pra minha divulgação
Isso quer dizer mais grana pra produção - e pra mim!

Grana, fama e você!

Um lá menor aqui, um coralzinho de fundo (fundo!)
Minha letra é muito forte? Se quiser eu a mudo
E tem que ter refrão (sim!) um refrão repetido (repetido!)
Pra música vender, tem que ser accessível!

Ambição - grana, fama e você
Ambição - grana, fama e você

Não sei o que fazer, grana tá difícil
Tenho que me formar e nem escolhi um ofício
Você é músico, não é revolucionário!
Faça o que eu te digo que te faço milionário!

Estar no Chacrinha ou na televisão (a minha renda)
Tudo isso ajuda pra minha divulgação (a minha renda)
Isso quer dizer mais grana pra produção - e pra mim!

A minha renda!

E aí, o que você acha sobre o assunto? Comenta aqui embaixo

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR:

O Grande Circo do Showbiz

O GRANDE CIRCO
DO SHOWBIZ

O esquema revelado

Oliviero Toscani

EXECUTIVOS, TOMEM VENENO!

Esta é a receita do fotógrafo Oliviero Toscani para melhorar o mundo

Ainda somos vítimas da ditadura

AINDA SOMOS VÍTIMAS
DA DITADURA

By Mino Carta

TRANZINE!!! Inc.
TRANZINE!!! Inc.

Edição #2
Rio de Janeiro, 1999

TRANZINE PODCAST

 

::: HOME :::

::: TAGS :::
::: SOBRE :::
::: OUTRAS EDIÇÕES :::

::: CONTATO :::

Jingles Disfarçados
DKANDLE
bottom of page