top of page
tranzine.gif

Edição #3
Rio de Janeiro, 2000

terrorismoreligioso.jpg

"Se me negas diante dos homens, Eu o negarei diante do Pai."

antiestetico.png
MANIFESTAÇÃO DE FÉ ANTIESTÉSTICA
podcast.jpg
DKANDLE_Tranzine.jpg

“DKANDLE tece paisagens sonoras transcendentes vibrantes e multicoloridas, misturando texturas Shoegaze difusas e reverberantes, meditações Dream Pop hipnotizantes, tons Grunge lamacentos e tensões Post-punk temperamentais, intensificadas com lirismo comovente e vocalizações emotivas e pensativas”

TAGS: ativismo, bíblia, cristianimo, filosofia, islamismo, nietzsche, religião

O método de controle de massas mais eficaz utilizado pelos que governam o Cristianismo, o Islamismo e a grande maioria das outras religiões é o Terrorismo Psicológico. Como as pessoas geralmente têm medo do desconhecido, elas por isso não querem arriscar o destino de suas almas quando lêem na Bíblia ou quando ouvem seus padres ou pastores dizerem que se não aceitarem Jesus, irão arder no inferno ou coisas do tipo. São claras ameaças e intimidações, que levam a pessoa a ter medo de sofrer consequências pesadas demais se ousar "sair da linha". Vê-se com isso que o Clero faz o papel do Senhor dos Engenhos e que os Crentes fazem o papel dos Escravos.

Toda espécie de ameaça é imposta aos que expressam o menor grau de desvio de conduta. Ameaçam excomungar ou desassociar a ovelha desgarrada. A Bíblia e o Alcorão contêm inumeráveis versículos que impõem MEDO, TERROR, PAVOR.

As religiões, assim como o terrorismo, sempre, SEMPRE trabalham jogando com o medo. As religiões sempre querem pôr a pessoa com medo de punições caso não cumpra seus mandamentos. Sua tática: abrir o caminho através de comoção. O terrorismo psicológico é a única arma que as religiões encontram para manter seus influenciados no seu seio.

Todo sacerdote é um terrorista psicológico, porque ameaça quem não é crente com o sofrimento ou a destruição eterna, e além disso os cristãos têm um enorme medo de ir para o inferno, vivem com a consciência pesada quando cometem atos condenados pela Igreja. A atitude oposta a esta seria uma que pregasse "Faz o que você quiser, só não enche o meu saco". Isto é o ideal de uma sociedade civilizada, com cada um tendo a liberdade para fazer e ser o que bem entender, contanto que não prejudique outras pessoas. Mas a ideologia terrorista religiosa é exatamente o oposto disso: Eles querem controlar o mundo, o outro, o vizinho, parece que sentem mesmo prazer em encher o saco dos outros, e sua tática mais usada para isso é o terrorismo psicológico, com ameaças do tipo "sentir a mão pesada de Deus" para quem não quer acreditar no seu Deus.

Opor-se ao Cristo ou a Maomé é um ataque frontal a todo um sistema de crenças, superstições e medos dogmáticos para manipular os fieis. As mensagens subliminares encontram-se por toda a parte nas revistas e pregações destas organizações religiosas, assim como na Bíblia e no Alcorão. É muito usada a expressão "Só Jesus salva", ou "Só há salvação em Deus". Isto é uma espécie de terrorismo psicológico também, pois não deixa a pessoa com alternativa: ou ela teme a Deus ou vai sofrer terríveis consequências.

E o que dizer dos auto-flagelos? São a exteriorização mais gritante da culpa que os fieis sentem pelos seus pecados, então é como se fosse uma auto-penitência; imaginam que assim, Deus vai "perdoá-los" e não vai castigá-los, porque eles próprios já se castigaram por antecipação. Outros fazem isso porque querem lembrar os sofrimentos de Cristo, e sofrendo do mesmo modo, é como se pagassem um tributo a ele. No fundo, isso é uma espécie de "bajulação" em troca de promoção ao Paraíso. É uma minoria dos crentes que chega a esse ponto, mas eles apenas exteriorizam fisicamente a angústia que sentem por causa dos seus pecados, o medo de serem castigados ou de irem pro inferno. Todo cristão e muçulmano sente essa culpa, quer se auto-flagele fisicamente ou não. Quantos suicídios não foram cometidos por causa desse tipo de consciência pesada de cunho religioso?...

Música eletrônica

com influências orientais

Cabeça feita!

Um lugar onde milhões de animais vivem e morrem como se estivessem em um campo de concentração

Aceite nosso Deus

ou sofra as consequências!

Um pedido?

Não, um direito.

Documentário põe em cheque:

Kurt Cobain se matou ou foi assassinado?

Confira entrevista exclusiva com Eva Leiz

A Bíblia e o Alcorão são as maiores fontes de terrorismo psicológico usado pelas religiões. Neles encontramos textos apavorantes, ameaças terríveis, maquiavélicas, sádicas, supostamente provenientes da boca do "Deus de Amor": o Terrorismo Psicológico explícito, sem disfarces.

 

"Faça o que te mando, ou você sentirá o peso da minha mão! Eu sou o seu Senhor, você é Meu Escravo! Não ouse pensar, não ouse discordar, apenas siga o que mando, senão vai se arrepender de ter nascido, pois eu lhe criei e tenho pleno direito sobre você, que é um mero objeto criado por mim. Não me importa se você tem sentimentos, emoções; não me importa toda a bondade que você tenha no seu coração; não me interessam todos os atos bons e positivos que você fez durante a vida; tudo que me importa é que você seja Meu Escravo! Você tem que me aceitar publicamente e obedecer a tudo que eu ordeno através da boca dos seus líderes religiosos. Não te dou o direito de investigar, você deve queimar em praça pública todo livro, toda literatura que fale contra o meu sistema. Não pense por si mesmo, apenas me obedeça. E com isso, tenho garantido para você os jardins eternos do Paraíso! Como sua consciência vai lidar com o fato de saber que queridos parentes foram enviados para o Inferno? Eu endurecerei seu coração! [risos sádicos]. Mas agora chega! Não ouse me fazer mais perguntas. Apenas obedeça o que eu mando, eu sou o seu Senhor, e você é Meu Escravo!"

Faço minhas as palavras de Nietzsche: É preciso não termos ilusões. "Não julgueis!", dizem os cristãos, mas mandam para o Inferno tudo o que se encontra no seu caminho. Dou alguns exemplos do que esta gente tinha imaginado, do que puseram na boca do seu mestre: nada senão confissões de 'almas belas':

"E quando alguns não vos receberem nem vos escutarem, saindo dali, sacudi o pó dos vossos pés, em testemunho contra eles. Em verdade vos digo que no dia do Juízo, Sodoma e Gomorra serão tratadas com menos rigor do que aquela cidade" (Marcos 6:11). - Que evangélico que isso é!

"E todo o que escandalizar a um destes pequenos que creem em mim, melhor lhe fora que lhe atassem à roda do pescoço uma mó de atafona, e que o lançassem no mar" (Marcos 9:42) - Que evangélico que isso é!

"Uma religião como o Cristianismo, que não toca a realidade em ponto algum, que se desvanece no instante em que a realidade entra por um ponto qualquer na esfera dos seus direitos, tal religião será, com direito, o inimigo mortal da 'sabedoria do mundo'".

"O Novo Testamento com a única palavra que tem valor, que é a sua crítica, o seu próprio aniquilamento: 'O que é a verdade?'"

(inclui citações de O Anticristo)

E aí, concorda com o texto acima ou acha que é uma heresia? Deixe seu comentário abaixo

página anterior: VISITANDO UM MATADOURO
próxima página: DÊ-NOS UM ESPAÇO

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR:

MORAL CRISTÃ, MORAL DO RESSENTIMENTO
Castração das ações disfarçadas de elevação espiritual

O CRISTIANISMO E O NAZISMO
Semelhanças entre os "povos eleitos" que pretendem ser os únicos com direito à salvação

bottom of page