top of page
tranzine.gif

Edição #8
Rio de Janeiro, 2005

Internet,  nossa maior aliada contra a manipulação de informação

Entrevistamos Jenner do podcast Misturinha

By Bruno Privatti

Ultima campanha de Timothy Leary sobre as drogas antes de sua morte

Castração das ações disfarçadas de elevação espiritual

By Maite Schneider

As TVs abertas em contraste com o modelo de financiamento público exemplificado pela BBC

podcast.jpg
DKANDLE_Tranzine.jpg

“DKANDLE tece paisagens sonoras transcendentes vibrantes e multicoloridas, misturando texturas Shoegaze difusas e reverberantes, meditações Dream Pop hipnotizantes, tons Grunge lamacentos e tensões Post-punk temperamentais, intensificadas com lirismo comovente e vocalizações emotivas e pensativas”

TAGS: ativismo, bbc

Ontem eu li uma notícia no jornal que me deixou estarrecido: uma candidata a modelo em São Paulo resolveu tirar a roupa no meio da rua pra chamar a atenção e no dia seguinte foi contratada pra trabalhar numa empresa de televisão!

A TV, a cada dia que passa, vira mais lixo. Putz, aos domingos então, nem se fala! Saiu do controle.

Será que algum dia poderemos ter uma TV com um bom nível?... Talvez, mas o problema todo é que estas TVs dependem das suas propagandas pra sobreviverem, e o que realmente conta não é o nível da programação, mas sim o retorno financeiro que elas terão. O público fica em segundo plano. A TV aposta em programas desse nível (que tratam as pessoas como fúteis e retardadas), porque as empresas não querem investir seus comerciais em programas mais, digamos, inteligentes, já que acham que não haveria retorno suficiente e ninguém quer arriscar jogar dinheiro fora. Isso é um fato que ocorre não só na TV, mas em praticamente em toda a indústria do entretenimento. Além disso, os donos dessas redes de TV são todos de direita (alguns de extrema-direita) e qualquer programa que faça as pessoas "pensarem" é vetado, porque eles querem todos como gado alienado.

Você sabia que a prioridade para as empresas de TV não é o Ibope? Não... Mesmo que o programa X tenha mais audiência do que o Y, isso não é o mais importante. O que realmente conta é o volume de investimentos dos anunciantes pra cada programa. Essa é a matemática. Por isso, quando a TV passa um programa de péssima qualidade, eles não estão nem aí se aquele lixo fará mal para a psique das pessoas, a única coisa que realmente importa é conseguir manter seus anunciantes.

Isso não ocorre só no Brasil, em muitos países a programação da TV também é deplorável. Mas existem exceções. Uma das mais bem-sucedidas é a rede BBC, da Inglaterra, que é uma emissora de recepção aberta com uma programação realmente muito boa, tanto é que uma das melhores emissoras de TV a cabo, o People & Arts, tem os dedos da BBC por trás. Mas por que ela consegue ser diferente? Bem, principalmente porque não precisa depender de propagandas para sobreviver! A BBC pertence ao governo, e todas as pessoas que têm TV em casa no Reino Unido são obrigadas a pagar uma pequena taxa anual para a BBC, fazendo com que a emissora sobreviva graças ao dinheiro dos contribuintes. Mas isso só pode dar certo em países com organização e sem roubalheira no governo, por isso seria uma utopia uma TV desses moldes no Brasil na atual conjectura.

Todo o dinheiro recolhido serve para pagar os custos operacionais da empresa e obviamente para poder investir-se em programas educativos e de bom nível. A emissora é dividida em BBC1 e BBC2. Também tem a BBC World, que passa no mundo inteiro, mas a programação desta é bem diferente da BBC1 e BBC2, que têm todos os tipos de programas possíveis, como uma emissora normal, enquanto a BBC World só passa noticiários. A BBC é uma emissora livre da obrigação de correr atrás de investidores e capital, podendo assim "respirar" e abrir espaço pra programas de melhor nível.

Uma das grandes diferenças entre a BBC e a TV brasileira, por exemplo, é o "timing"delas. A TV brasileira mostra noticiários apressados, programas de auditório onde os apresentadores falam gritando, imagens geralmente agitadas, minutos e minutos de comercial etc. A BBC tem um ritmo menos estressado, podendo passar documentários sobre a Amazônia em horário nobre com imagens de mais de 5 segundos de duração. A diferença é que lá o conteúdo do programa é mais importante do que o show tecnológico. Mas isso não quer dizer que a emissora seja chata. Muito pelo contrário. Você chegou a ver um documentário sobre dinossauros que passou no Fantástico? Aquilo foi tudo produzido pela BBC. ..

Não é esse tipo de mentalidade que deveria imperar em todas as emissoras??? Eu realmente não sei de onde tiraram que a TV não tem a obrigação de educar as pessoas; claro que têm! Eles entram nas nossas casas todos os dias, ninguém é obrigado a assistir apresentadores fantoches instigando as crianças a serem consumistas precoces.

Mas em breve essa situação irá forçosamente mudar. Até hoje, sempre fomos escravos da programação que eles escolhem: às 20h você vai assistir noticiários, às 21h novela, às 22h programa humorístico. Só que no futuro próximo nós mesmos poderemos escolher a nossa programação e assistir na hora e no dia o que quisermos. Através da Internet esse novo conceito de TV irá surgir. Todo o atual esquema irá forçosamente mudar, e as atuais empresas terão de se adaptar ou entrarão com pedido de falência. Isso não é praga de um jovem entusiasta, é apenas o fato!!!

Mesmo que as pessoas do poder nunca aprendam a ser altruístas, isso não significa que elas irão reinar pra sempre. A História tem mostrado que sempre houveram períodos onde tudo estava ruim demais e vinham pessoas para mudar aquela situação. No passado não havia modos de as pessoas se livrarem da ignorância e opressão, porque o menor sinal de rebeldia e eram queimadas ou torturadas. Mas hoje em dia nós temos meios de comunicação muito mais facilitados, e cada vez mais pessoas saem da alienação e cegueira cultural graças à essas tecnologias.

Acredito que cada vez mais as pessoas irão começar a pensar diferente, a esquecer o atraso do passado e a pensar no futuro como um todo, a tentar se tornar pessoas melhores, a tratar melhor o mundo e as pessoas ao redor. Quando este for o pensamento corrente, então todos terão um verdadeiro mundo melhor pra se viver. 

Uma nova Terra no plano mental e conseqüentemente no plano físico!

Você já teve a oportunidade de ver a BBC? Deixe um comentário abaixo

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR:

O JORNALISMO ME DECEPCIONA
Manipular é a regra, desinformar é o lema

A NOVELA DO BEIJO GAY NA GLOBO
Por que não teve beijo entre os noivos no casamento gay da novela?

bottom of page